Um dos grandes atrativos de Ouro Preto são seus monumentos religiosos históricos. Cada igreja ou capela tem uma relação peculiar com o lugar, impressionando os turistas que visitam a cidade anualmente. Conheça um pouco mais sobre cada um deles.

Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias, Ouro Preto – MG

Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias Ouro Preto MG

 Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias

Construída em 1727, a ornamentação interna da igreja faz dela um dos principais templos de Ouro Preto. Belíssima, o estilo joanino é representado por sua arquitetura, característico da segunda fase do barroco mineiro. Manuel Francisco Lisboa foi o autor do projeto e a igreja está localizada na Praça de Antônio Dias. Para a manutenção do local é cobrada uma taxa de ingresso que custa apenas R$ 3,00, o mesmo valor que é cobrado para ingressar em outros monumentos históricos da cidade. Estudantes pagam meia.

 

Igreja Santa Efigênia, Ouro Preto – MG

Igreja Santa Efigênia Ouro Preto MG

Igreja Santa Efigênia em Ouro Preto MG

Há uma lenda em torno da construção dessa igreja. Ela teria sido erigida por Chico Rei, o escravo que explorou a Mina da Encardideira e assim conquistou sua liberdade, do filho e de outros negros. Seu interior conta com elementos da cultura africana misturados à talha barroca. Os mestres-de-obras foram Manuel Francisco Lisboa e Antônio da Silva, e a talha de Francisco Xavier de Brito. A igreja está localizada na Rua Santa Efigênia – Alto da Cruz. Estudantes pagam meia entrada. Os ingressos também são válidos para visitar a Capela de Padre Faria.

 

Matriz de Nossa Senhora do Pilar

Matriz de Nossa Senhora do Pilar - Ouro Preto

Matriz de Nossa Senhora do Pilar Ouro Preto MG

Inaugurada em 1733, representa o máximo da opulência e dramaticidade do barroco. No mesmo lugar fica o Museu de Arte Sacra de Ouro Preto. A autoria do projeto cabe a Pedro Gomes Chaves e se localiza na Praça Monsenhor Castilho Barbosa. Estudantes pagam meia entrada e os ingressos são válidos também para a Igreja São Francisco de Paula e para o Museu de Arte Sacra.

 

Igreja de Nossa Senhora do Carmo

Igreja de Nossa Senhora do Carmo Ouro Preto MG

Igreja de Nossa Senhora do Carmo

 

Sem dúvida, essa igreja é uma das mais sofisticadas do país. Em estilo rococó, a Ordem Terceira do Carmo convocou os maiores artistas da região para a sua construção. O autor do projeto foi Manuel Francisco Lisboa e a igreja foi erigida entre 1766 a 1772.  Localizada na Rua Brigadeiro Musqueira, Centro.

 

Igreja de Nossa Senhora do Rosário

Igreja de Nossa Senhora do Rosário em Ouro Preto Minas Gerais

Igreja de Nossa Senhora do Rosário Ouro Preto

 

Antes uma capela, a igreja Nossa Senhora do Rosário possui uma arquitetura diferenciada. O traçado é circular. São três ovais intersecantes, que causam sensação entre os turistas. É baseada nas construções de igrejas do norte europeu. Construída em 1785, ela se localiza no Largo do Rosário.

 

Igreja do Bom Jesus do Matozinhos (ou São Miguel e Almas)

Igreja do Bom Jesus do Matozinhos

 Igreja do Bom Jesus do Matozinhos, São Miguel e Almas MG

Na segunda metade do século XVIII, os devotos de Senhor de Matozinhos, São Miguel e Almas, Maria, José e Santíssimos Corações de Jesus passaram a ter um lugar de adoração. A portada é feita de escultura em pedra-sabão de Aleijadinho. No interior da igreja as pinturas são atribuídas a Manoel da Costa Ataíde. Fica localizada na Rua Alvarenga – Cabeças.

 

Igreja de São Francisco de Assis

Igreja de São Francisco de Assis MG

Igreja de São Francisco de Assis Ouro Preto MG

Construída entre 1766 a 1810, o autor do projeto foi Manuel Francisco Lisboa. Essa igreja é considerada a obra-prima do período rococó no Brasil. É parada obrigatória para quem visita Ouro Preto. A arquitetura, esculturas, talha e ornamentação são obras de Aleijadinho e a pintura e douramentos são de Manuel da Costa Ataíde. A igreja está localizada no Largo de Coimbra. Estudantes pagam meia entrada.

Veja a segunda parte da matéria.