Entre os muitos lugares belos do Brasil, está o Parque Nacional de Pacaás Novos. Localizado bem ao centro do estado de Rondônia, o parque se estende pelas cidades de Guajará-Mirim, Nova Mamoré, Campo Novo de Rondônia, São Miguel do Guaporé, Monte Negro, Governador Jorge Teixeira, Alvorada d’Oeste e Mirante da Serra.

Parque Nacional de Pacaás Novos


O Clima em Pacaás Novos

O clima é Pacaás Novos é quente e úmido. O período de chuva dura entre os meses de novembro a março, quando 70% da precipitação anual chuvosa se concentra. O inverno, que abrange os meses de junho, julho e agosto é a estação seca, época em que a temperatura média é 25º C.

Acessos a Pacaás Novos

Quem deseja conhecer o parque precisa saber que o acesso pode ser por terra ou fluvial. Porém, diante as condições das estradas BR-421 e BR-429, recomenda-se que, antes de qualquer visita, se consulte primeiramente o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Preservação). Aproximadamente dois terços do Parque contêm áreas ocupadas pelas nações indígenas Uru-eu-wau-wau e Uru-pa-in.

Parque Nacional de Pacaás Novos RR

 

Pacaás Novos e a riqueza de recursos hídricos

Pacaás Novos reúne uma grande rede de águas, na qual rios e igarapés nascem nas Serras dos Pacaás Novos e Uopiane, dando vida a corredeiras e cachoeiras de grande beleza. As três principais bacias hidrográficas do estado se encontram nessa rede. São as seguintes: Guaporé, Mamoré e Madeira.

Parque Nacional de Pacaás Novos - Roraima

Parque Nacional de Pacaás Novos em Roraima

 

Fauna de Pacaás Novos

A vida animal no Parque é muito diversificada. Os visitantes podem se deparar com aves como arara-azul, papagaio-juru, papagaio-tuim, tucano debico amarelo, jandaia, gavião, jacu, periquito, curica, araçari, urubu-rei etc. Entre os mamíferos estão o porco-do-mato, caetitu, onça pintada, onça preta, sussuarana, jaguatirica, gato do mato, veado capoeira, cotia, lebre, anta, macaco prego, macaco da noite, macaco gogódesola, tamanduá, entre outros.

Flora de Pacaás Novos

A vegetação do Parque forma um grande mosaico. Nos pontos mais altos, observam-se extensas áreas de cerrado e, nas encostas e vales, áreas de formações florestais tipicamente amazônicas. Para completar a beleza da mata, em grandes áreas ocorrem conexões entre o cerrado e a floresta. Um lugar que todos devem conhecer um dia. Não perca essa chance: visite o Parque Nacional de Pacaás Novos!